Última hora

Última hora

Jornalistas franceses já estão em casa

Em leitura:

Jornalistas franceses já estão em casa

Tamanho do texto Aa Aa

Finalmente em casa, depois de mais de 10 meses de cativeiro na Síria.

Os quatro jornalistas franceses, feitos reféns por um grupo islamista, foram recebidos pelo Presidente François Hollande e pelas respetivas famílias.

O encontro aconteceu numa base militar francesa, nos arredores de Paris.

Nicolas Henin, Pierre Torres, Edouard Ellias e Didier François voltaram a França.

Didier François foi o porta-voz:

“Quando fomos capturados, estávamos a viver um momento importante, para as nossas profissões, por estarmos na Síria. Havia armas químicas envolvidas. Havia um risco e aceitámos isso, tal como aceitaram os nossos editores, mas as nossas famílias não, não foi uma escolha delas. Foi muito difícil para elas. Estamos muito felizes porque passaram por esta provação que lhes foi imposta. Peço desculpa, mas estou muito, muito emocionado”.

Os quatro jornalistas foram abandonados, na sexta-feita, junto à fronteira entre a Síria e a Turquia.

Quando uma patrulha turca os encontrou, estavam de olhos vendados e mãos atadas.

Foram de imediato observados por médicos turcos que atestaram o seu bom estado de saúde.