Última hora

Última hora

Ucrânia: Fluxo reverso de gás será resposta energética do ocidente

Em leitura:

Ucrânia: Fluxo reverso de gás será resposta energética do ocidente

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos vão ajudar a Ucrânia com equipamento não letal para as forças de segurança. O anúncio foi proferido pelo vice-presidente norte-americano de visita a Kiev. Mas Joe Biden fez questão de salientar os esforços diplomáticos para reduzir a dependência energética da Ucrânia em relação à Rússia.

“Uma equipa americana está atualmente a trabalhar na região com colegas ucranianos para aumentar o fornecimento energético de curto prazo. Estive ao telefone com inúmeros vizinhos vossos, a falar sobre melhoramentos a longo prazo, para que nenhuma nação, – quero ser preciso – para que a Rússia nunca mais utilize energia como arma política contra a Ucrânia e a Europa”, declarou Biden.

Uma das opções para alimentar energeticamente a Ucrânia é a partir do chamado “fluxo reverso” de gás a partir da Eslováquia.

Mykhaylo Honchar é analista da americana Strategy XXI e afirma que “o fluxo reverso de gás da Eslováquia é umas tarefas mais urgentes. Este passo pode dar frutos já este ano – mesmo que parcialmente. E isto é algo que a Ucrânia precisa de uma forma crítica. É por isso que a posição dos Estados Unidos nesta matéria pode encorajar o governo eslovaco a tomar esta decisão”.

A empresa estatal russa Gazprom levanta questões legais sobre o processo de fluxo reverso.