Última hora

Última hora

Coreia do Sul: Aumenta o número oficial de mortos no naufrágio do "ferry" Sewol

Em leitura:

Coreia do Sul: Aumenta o número oficial de mortos no naufrágio do "ferry" Sewol

Tamanho do texto Aa Aa

O número oficial de mortos no naufrágio do “ferry” Sewol ao largo da Coreia do Sul é de 146, enquanto os mergulhadores prosseguem as buscas para resgatar mais de 150 desaparecidos, na maioria estudantes do ensino secundário.

Com a visibilidade na água reduzida, os mergulhadores avançam às cegas no labirinto de corredores e cabines do “ferry” de quatro pontes totalmente submerso.

Os sul-coreanos tiveram dificuldade em compreender que uma tragédia destas dimensões possa ter acontecido no seu país. Agora a esperança de encontrar sobreviventes é praticamente nula e as famílias pressionam os mergulhadores para recuperarem os corpos o mais rapidamente possível, antes que fiquem demasiado deteriorados.

“Os familiares tinham esperança que ainda houvesse sobreviventes no interior do navio, mas já começaram a desistir da ideia e a aceitar a realidade. Agora só querem recuperar os cadáveres para os funerais. Ver isso, parte-nos o coração”, disse um padre.

Os familiares dos desaparecidos concentram-se todas as manhãs no porto de Jindo e aguardam a chegada dos barcos de socorro, dos quais são desembarcados, a intervalos cada vez mais frequentes, os cadáveres recuperados.