Última hora

Última hora

Ucrânia relança luta contra militantes pró-russos

Em leitura:

Ucrânia relança luta contra militantes pró-russos

Tamanho do texto Aa Aa

O Presidente interino da Ucrânia, Oleksander Turchinov, ordenou o relançamento das operações militares contra militantes pró-russos, no leste do país.

A decisão foi tomada depois de dois homens, entre eles um político do partido de Iúlia Timochenko, terem sido “torturados até a morte”. Volodymyr Ribak tinha sido sequestrado, quarta-feira passada, de acordo com as autoridades de Kiev. Os corpos foram encontrados perto Sloviansk.

Apesar dos compromissos assinados em Genebra, na semana passada, as milícias pró-Rússia não desarmam nas cidades do Leste da Ucrânia.

Em Sloviansk uma aeronave de vigilância ucraniana foi atingida por tiros.

Em Kramatorsk, outra cidade do leste do país, os separatistas invadiram o edifício da polícia e levaram o chefe da polícia local, Vitali Kolupai.

A Rússia, em mais uma demonstração de força, multiplicou as manobras militares na fronteira com a Ucrânia. Mas os Estados Unidos também não baixam a guarda e enviaram mais um navio para a Ucrânia. Washington prevê também enviar 600 homens para os países do Báltico, para tranquilizar os seus aliados.