Última hora

Última hora

Cinco separatistas pró-russos mortos no leste da Ucrânia

Em leitura:

Cinco separatistas pró-russos mortos no leste da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O Governo de Kiev lançou uma ofensiva para recuperar o controlo das cidades tomadas pelos separatistas no leste da Ucrânia. O ministério do Interior anunciou que os combates em Slaviansk resultaram em cinco mortos do lado das forças pro-russas.

Apoiados por blindados, os militares ucranianos tomaram de assalto vários postos de controlo montados pelos separatistas nos arredores da cidade. Kiev apelou à população de Slaviansk para ficar em casa. Escolas e outros serviços públicos estão encerrados.

O Presidente russo já veio dizer que se trata de “um crime” e que haverá “consequências”. Vladimir Putin defendeu, ainda, que os combates de hoje provam que a Rússia tomou a melhor decisão quando anexou a Crimeia. Por outro lado, admitiu que as sanções estão a afetar a economia mas que “não são críticas”.

De visita ao Japão, o presidente norte-americano ameaçou lançar novas sanções contra a Rússia. Barack Obama acusou Moscovo de ignorar o Acordo de Genebra. Um acordo assinado na semana passada para reduzir a tensão mas que cai por água abaixo face à escalada de violência.

Entretanto, Bruxelas reconheceu que a Ucrânia tem o direito de defender a sua soberania e integridade territorial, apelando às partes para aplicar o Acordo de Genebra.

<