Última hora

Última hora

Irão: forte aumento nos preços dos combustíveis

Em leitura:

Irão: forte aumento nos preços dos combustíveis

Tamanho do texto Aa Aa

O governo iraniano anunciou um forte aumento nos preços dos combustíveis. A medida faz parte de um programa de cortes nos subsídios aos produtos energéticos equacionado pelo regime de Teerão para melhorar uma economia bastante afetada pelas sanções ocidentais.

O preço do litro de gasolina subvencionada – à qual cada automobilista tem direito a 60 litros por mês – foi o mais afetado, subindo 75 por cento.

Um condutor de táxi de Teerão diz que “os cortes dos subsídios só deviam afetar os condutores privados – que podiam mesmo ver duplicar ou triplicar os preços – e não os taxistas, que efetuam um serviço para a sociedade”.

Outro residente da capital diz que “é preciso mudar os padrões de consumo. Muitas pessoas deviam tentar usar os transportes públicos e as autoridades deviam melhorar estes serviços”.

O objetivo do governo é liberalizar completamente os preços dos produtos energéticos nos próximos anos. No último mês, os preços do gás e da eletricidade subiram em cerca de 25 por cento.

As medidas deverão permitir ao Irão economizar 13 mil milhões de euros no orçamento de Estado, mas podem traduzir-se numa perda de confiança no presidente Hassan Rohani, que reconheceu o efeito inflacionista da decisão.