Última hora

Última hora

Ucrânia: Instabilidade e tensão aumentam

Em leitura:

Ucrânia: Instabilidade e tensão aumentam

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos cinco separatistas pró-russos morreram, esta quinta-feira, durante uma operação do governo ucraniano para retomar o controlo da cidade de Slaviansk, no leste do país.
Pelo menos um soldado ficou ferido na operação.

Com cerca de 120 mil habitantes, Slaviansk é o bastião da revolta separatista pró-Rússia. O executivo de Kiev anunciou o reinício da operação antiterrorista no leste da Ucrânia.

O presidente russo considerou ser um “um crime grave” praticado pelas autoridades ucranianas ao recorrer ao exército para combater os rebeldes separatistas. Vladimir Putin afirmou, ainda, que haveria “consequências”.

Em resposta à operação militar de Kiev, Moscovo desencadeou novos exercícios militares junto à fronteira com a Ucrânia.

Ainda na quinta-feira tropas norte-americanas chegaram a Riga, na Letónia, dando início a manobras militares, reforçando a presença da NATO na região.

Washington vai enviar cerca de seis centenas de soldados, em exercícios, para a Polónia, Estónia e Lituânia, de modo a garantir a estabilidade dos aliados da NATO, depois da anexação da Crimeia pela Rússia.