Última hora

Última hora

General Electric e Siemens em guerra pela Alstom

Em leitura:

General Electric e Siemens em guerra pela Alstom

Tamanho do texto Aa Aa

A empresa alemã Siemens fez uma proposta para ficar com o negócio de energia da companhia francesa, oferecendo metade da sua área ferroviária e dinheiro. Uma jogada de contra-ataque face à oferta de 13 mil milhões de dólares da General Electric.

O Governo francês está a acompanhar “atentamente” o processo. A General Electric reuniu-se, hoje, com o presidente Hollande.

O analista, Alain Crouzat, comenta as duas propostas: “Com a GE há uma complementaridade de diferentes produtos da Alstom e da General Electric, nomeadamente centrais a carvão e gás, com potências diferentes. A Siemens é uma empresa que desenvolve mais ou menos os mesmos produtos. Além disso, é uma empresa europeia, no mercado europeu, onde se estão a fechar centrais a carvão e gás”.

A Alstom anunciou que vai ponderar as duas propostas e remeteu uma decisão para quarta-feira. Até lá as ações da empresa estão suspensas.

A Siemens tentou um negócio idêntico em 2004, mas foi travada por Nicolas Sarkozy.