Última hora

Última hora

Liga dos Campeões: Guardiola quer ter bola, Bale aposta na defesa

Em leitura:

Liga dos Campeões: Guardiola quer ter bola, Bale aposta na defesa

Tamanho do texto Aa Aa

Com o Real Madrid na máxima força e em vantagem na meia-final da Liga dos Campeões, depois da vitória em Espanha (1-0) na semana passada, o Bayern Munique inspira-se na história para conseguir a reviravolta esta terça-feira e chegar a final, em busca do título de primeira equipa a revalidar o título de campeão europeu desde que que a “Champions” assumiu a forma atual há 21 anos.

Em nove duelos em casa com os “merengues”, os bávaros ganharam oito e empataram apenas um. No geral, na única vez, numa fase a eliminar da Liga dos Campeões, que perderam 1-0 fora, ganharam 7-0 em casa. Foi diante do Basileia, nos quartos-de-final da época 2011/12.

O treinador Pep Guardiola, é mais realista e lembra que só o trabalho dentro do campo pode valer a presença na final, defendendo o controlo da posse da bola, num género de resposta às críticas endereçadas pelo atual presidente dos bávaros à atual forma de jogar do Bayern Munique.

“Eu gosto que as minhas equipas tenham a bola. Fui educado desta maneira como jogador e treinador. O jogo tem tudo a ver com ter a bola. Ter a bola e criar apenas duas chances de golo, isso não é posse, não é nada. Se eu tenho a bola, posso atacar mais que o adversário e, por outro lado, sofro menos contra-ataques. Esta é a única forma que conheço”, sublinhou o treinador catalão.

Do lado espanhol, Gareth Bale, que não alinhou na jornada de fim de semana da Liga espanhola, confirmou estar a 100 por cento para defrontar esta terça-feira o Bayern de Munique. O galês prevê um jogo difícil e muito duro na Allianz Arena, lembrou que a vitória em Madrid foi curta e, por isso, acrescentou, o Real vai ter de defender muito bem.

Para Cristiano Ronaldo, esta é mais uma oportunidade para se tornar no melhor marcador de sempre numa só edição da Liga dos Campeões. O português tem 14 golos,tantos quantos Messi marcou há duas épocas, e esta noite pode fazer história, ajudando também o Real Madrid a chegar à final e a manter-se na corrida pela 10.a taça dos campeões europeus da sua história.