Última hora

Última hora

Presidente da Coreia do Sul pede desculpas pelo desastre do ferry

Em leitura:

Presidente da Coreia do Sul pede desculpas pelo desastre do ferry

Tamanho do texto Aa Aa

A presidente da Coreia do Sul, Park Geun-hye pediu desculpa pelas falhas na prevenção e operações de salvamento no naufrágio do navio de passageiros do passado dia 16.

O pedido de descupas da chefe de Estado sul-coreana surge quando decorrem as buscas dos corpos presos dentro do carcaça do barco.

A maior parte das 476 pessoas a bordo eram adolescentes que viajavam com os professores. Foram resgatadas 174 pessoas e as restantes dadas como desaparecidas ou encontradas mortas.

As operações de busca retiraram cerca de 200 corpos.

Park Geun-hye, que participara antes numa cerimónia religiosa em memória das vítimas, pediu desculpa diante das câmaras da estação de televisão naconal: “Sinto-me no dever de pedir desculpa pela incapacidade de prevenir o acidente e pela insuficiência da resposta inicial. Não sei se este pedido de desculpa poderá reconfortar aqueles que estão magoados e suavizar a dor, que destroça igualmente o meu coração”

Recentemente, o primeiro ministro sul-coreano apresentou um pedido de demissão, reagindo às críticas dos familiares das vítimas.