Última hora

Última hora

Ucrânia: Moscovo instou Washington a "temperar a retórica"

Em leitura:

Ucrânia: Moscovo instou Washington a "temperar a retórica"

Tamanho do texto Aa Aa

Durante uma conversa telefónica o ministro da Defesa da Federação Russa, Serguei Choigou, garantiu novamente ao seu homólogo norte-americano, Chuck Hagel que “a Rússia não vai invadir a Ucrânia”.

Choigou informou Hagel que as tropas russas tinham regressado aos quartéis depois de realizarem exercícios na fronteira com a Ucrânia e instou Washington a “temperar a retórica”.

A União Europeia e os Estados Unidos reforçaram as sanções impostas à Rússia pelo seu papel na crise na Ucrânia.

Na UE, 15 nomes de responsáveis russos e ucranianos foram adicionados à lista de personalidades impedidas de obter vistos para território europeu e sujeitas ao congelamento de bens que tenham em países europeus.

Nos Estados Unidos, as sanções foram alargadas a sete novos responsáveis e 17 empresas russas com ligações ao círculo mais próximo do presidente russo, Vladimir Putin.