Última hora

Última hora

Violência no leste da Ucrânia

Em leitura:

Violência no leste da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

Em Donetsk militantes pró-russos atacaram uma manifestação de apoiantes do governo de Kiev.

Cerca de mil manifestantes que durante uma marcha no centro da cidade defendiam a unidade da Ucrânia, e militantes pró-russos envolveram-se em confrontos, apesar da tentativa da polícia para os separar.

Pelo menos 14 pessoas ficaram feridas, entre as quais um jornalista.

O presidente pró-russo da câmara de Kharkiv foi gravemente ferido a tiro por desconhecidos. Segundo agências locais, Guennadi Kernes foi atingido a tiro nas costas e submetido a uma intervenção cirúrgica delicada.

As autoridades estão em campo para apurar o autor ou autores do atentado.

O edil de 64 anos é membro do Partido das Regiões, que já foi liderado pelo deposto Viktor Ianukovich.

O secretário-geral da ONU exigiu a libertação imediata dos observadores da OSCE raptados na sexta-feira por separatistas pró-russos que os classificaram como “prisioneiros de guerra” e pretendem trocá-los por detidos pelas autoridades de Kiev.

Um observador foi libertado na noite de domingo, por razões de saúde.