Última hora

Última hora

Iraque: Eleições legislativas marcadas por vários ataques

Em leitura:

Iraque: Eleições legislativas marcadas por vários ataques

Tamanho do texto Aa Aa

Já começou a contagem dos votos no Iraque. O primeiro-ministro disse estar confiante na vitória e prepara-se para um terceiro mandato. Nuri al-Maliki é dado como favorito, apesar de criticado por não ter travado a violência, a corrupção e o desemprego.

Estas foram as terceiras eleições legislativas desde a queda de Sadam Hussein, em 2003, e as primeiras desde a retirada das forças norte-americanas em 2011. Mas no país em que os atentados matam, em média, 25 pessoas por dia, votar foi sinónimo de heroísmo. As autoridades registaram mais de 50 ataques, visando principalmente mesas de voto e eleitores. Pelo menos 14 pessoas morreram, incluindo dois membros da comissão eleitoral, em Kirkuk, no norte. Nos últimos dois dias, já tinham sido registados 90 mortos.

Cerca de 20 milhões de eleitores foram chamados às urnas para eleger 328 deputados. Ao meio do dia, a taxa de participação rondava os 40 por cento.