Última hora

Última hora

Ucrânia: Situação tensa no leste do país

Em leitura:

Ucrânia: Situação tensa no leste do país

Tamanho do texto Aa Aa

O líder dos rebeldes pró-russos que raptaram sete observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa, no leste ucraniano, afirmou que existem “bons progressos” nas negociações para a sua libertação.

Estes comentários deram a esperança de os quatro alemães, um dinamarquês, um polaco e um checo, poderem ser libertados em breve.

O presidente da câmara de Kharkiv, alvejado nas costas na segunda-feira foi levado para Israel para ser tratado, onde se encontra em estado crítico. O projétil ter-lhe-á perfurado um pulmão e o fígado.

Manifestantes pró-russos ocuparam o edifício da administração regional de Lugansk.

Um grupo de cerca de 20 jovens armados com barras metálicas partiu janelas para entrar no edifício, retirou a bandeira da Ucrânia e hasteou a da Rússia.

Noutras duas cidades vizinhas as sedes da administração local também foram ocupadas por ativistas pró-russos, onde igualmente retiram a bandeira ucraniana e hastearam a russa.