Última hora

Última hora

Gerry Adams continua a retido na polícia da Irlanda do Norte

Em leitura:

Gerry Adams continua a retido na polícia da Irlanda do Norte

Tamanho do texto Aa Aa

Gerry Adams, o líder do partido republicano irlandês Sinn Féin, continua nas instalações da divisão de crimes graves da polícia da Irlanda do Norte.

Adams está, desde esta quarta-feira, a ser ouvido no âmbito da investigação ao rapto, morte e ocultação de cadáver de Jean McConville, uma viúva e mãe de dez filhos que foi sequestrada à porta de casa, na zona oeste de Belfast, em dezembro de 1972.

“Primeiro, vou falar, voluntariamente, com a polícia mas acho que houve uma campanha maliciosa contra mim. Vou dizer que sou inocente de qualquer participação no sequestro, assassinato e enterro de Jean McConville. Preocupa-me a altura em que isto acontece, eu tinha-me oferecido para me encontrar com eles, estava pronto para fazê-lo, preocupa-me que isto aconteça no meio de uma eleição, eu tenho tentado trabalhar para a construção da paz.”

O partido republicano irlandês acredita que há motivações políticas para esta detenção. O Sinn Féin está envolvido numa intensa campanha para as eleições europeias. Adams nunca negou a sua ligação ao IRA mas recusa qualquer envolvimento nas atividades criminosas dos seus guerrilheiros.