Última hora

Última hora

Inaugurada cópia exata do túmulo de Tutancámon no Egito

Em leitura:

Inaugurada cópia exata do túmulo de Tutancámon no Egito

Tamanho do texto Aa Aa

No Egito, acaba de ser inaugurada uma réplica exata do túmulo de Tutancámon.

O faraó do Antigo Egito terá morrido jovem por volta 1 323 a.C. e tem alimentado a imaginação de várias gerações pelo facto de a sua sepultura ter sido encontrada quase intacta.

O túmulo tinha vindo a degradar-se devido ao elevado número de turistas curiosos em conhecer a raridade egípcia.

A inauguração da réplica contou com a presença do representante da União Europeia no Egito.

“É absolutamente único, é a primeira vez que vemos isto no Egito. Oferecem a possibilidade aos turistas no futuro de visitarem uma cópia perfeita do túmulo original. E acrescentaram elementos que ajudam as pessoas a perceber melhor quem era Tutancámon e como o túmulo foi descoberto. É um pequeno museu, além de ser um túmulo. Eu vi o original três ou quatro vezes e não consigo ver a diferença”, disse James Moran.

A construção da réplica é considerada como uma obra de arquitetura extremamente complexa e sofisticada.

Foi preciso medir milhões de pontos por cada metro quadrado para conceber a cópia.

A obra realizada por uma empresa espanhola implicou o uso de scaners laser que permitiram a reprodução exata da textura e das cores dos materiais.

Os últimos estudos indicam que Tutancámon era filho de Aquenáton e da própria irmã do pai. O jovem faraó subiu ao trono aos dez anos e faleceu aos dezanove, sem deixar descendência. Não há consenso nem certezas sobre as causas da morte.

O túmulo foi descoberto em 1922 pelo arqueólogo britânico Howard Carter e aberto no ano seguinte. No interior, foram encontradas ânforas que teriam contido vinho tinto e vinho branco.