Última hora

Última hora

"The Corner": Espanhóis "invadem" Lisboa na final da Champions

Em leitura:

"The Corner": Espanhóis "invadem" Lisboa na final da Champions

Tamanho do texto Aa Aa

Pela primeira vez na história da Liga dos Campeões, duas equipas da mesma cidade vão encontrar-se na final: Real Madrid e Atletico Madrid.

Depois de termos visto no ano passado, Bayer Munique e Borussia Dortmund na final, muitos pensaram que iria começar uma nova era de domínio do futebol alemão na Europa. Mas Espanha destronou os germânicos este ano. O Real Madrid, 9 vezes vencedor da competição, chega à final da Champions pela primeira vez em 12 anos depois de uma noite histórica na Allianz Arena.
Os merengues tinham vencido na primeira mão por 1-0 e na segunda derrotaram os campeões em título por 4-0 com Cristiano Ronaldo e Sergio Ramos a marcar duas vezes. Os Galáticos vão disputar a 13ª final da Champions.

No final da partida, o treinador do Bayern, Pepe Guardiola, explicou o que correu mal: “foi uma má noite para nós, para mim e para os jogadores, mas continuo orgulhoso da minha equipa, dos meus jogadores. Correu-nos mal porque na primeira parte não tivemos posse de bola. E na minha opinião o futebol é feito com a bola no pé. Não conseguimos jogar com bola”.

Já o treinador do Real, Carlo Ancelotti, deu a chave para o sucesso:
“defendemos muito bem na frente. Já o tinhamos feito na primeira volta e tivemos um contra-ataque muito eficiente, com passes pelo chão, usando a velocidade dos avançados. Preparámos bem as bolas paradas e correu bem, sobretudo, nos primeiros dois golos”.

*Derby de Madrid em Lisboa

A outra equipa que vai estar na final de Lisboa é o Atletico Madrid, que chegou a esta fase da competição pela primeira vez em 40 anos. Os eleitos de Diego Simeone bateram o Chelsea por 3-1 em Stamford Bridge, depois do empate a zero na primeira volta em Madrid. Golos de Adrian Lopez, Diego Costa e Arda Turan. Esta foi a primeira derrota de sempre em casa para o Chelsea numa meia final europeia. Agora todos os olhos estão postos no derby de Madrid que vai acontecer no Estádio da Luz, a 24 de maio. Irá o Real conquistar o 10º título ou será o Atletico a vencer pela primeira vez o troféu.

José Mourinho acredita que “num minuto duas ações decidiram o jogo. Depois disso só existiu uma equipa em campo. A minha equipa, com orgulho, tentou com honra, orgulho e profissionalismo, dar tudo por tudo. Depois desse momento o jogo ficou controlado. O Atletico, muito maduro, inteligente na forma como controlou o jogo. Os jogadores deram tudo, estou contente por eles. Pode ir para casa tristes mas de cabeça levantada”.

O treinador do Atlético, Diego Simeone, sublinha que este “é um momento fantástico. É um momento muito importante, especialmente porque temos uma enorme responsabilidade para com os nossos adeptos. Gastaram muito dinheiro para vir até aqui e sabemos o quão difícil foi para eles. Tudo é muito difícil para esta equipa. E nós quisemos estar à altura dessa responsabilidade. Agora não temos muito tempo para analisar este momento uma vez que já temos de começar a pensar no próximo jogo contra o Levante.”

Terminamos por aqui este “The Corner” especial, voltamos na próxima segunda-feira.