Última hora

Última hora

Gazprom reduz abastecimento de gás à Ucrânia se não houver pagamento

Em leitura:

Gazprom reduz abastecimento de gás à Ucrânia se não houver pagamento

Tamanho do texto Aa Aa

A empresa russa de gás, Gazprom, prepara-se para reduzir o fornecimento à Ucrânia, em junho, se durante o mês de maio não for feito nenhum pagamento. A informação foi avançada pelo ministro da energia russo, esta sexta-feira.

A notícia surge no dia em que União Europeia, Ucrânia e Rússia estiveram reunidas para debater a questão. Para além do problema ucraniano, para a UE não faz sentido que cada Estado-membro pague um valor diferente aos russos, como explica o comissário europeu para a energia, Gunther Oettinger:

“Queremos um preço único para o gás na União Europeia, para que os Estados-membros possam comprar gás a um preço melhor.”

A União Europeia não pretende apenas que este preço único seja aplicado aos seus Estados-membros mas também a países da região dos Balcãs.

O gás russo é responsável por cerca de um terço do volume importado pela UE.