Última hora

Última hora

Separatistas pró-russos invadem sede da polícia em Odessa

Em leitura:

Separatistas pró-russos invadem sede da polícia em Odessa

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de 2 mil ativistas pró-russos invadiram a sede da polícia na cidade ucraniana de Odessa.

Os separatistas exigiam a libertação das 120 pessoas detidas após os incidentes desta sexta-feira que provocaram mais de 40 mortos. Os manifestantes começaram por gritar palavras de ordem contra as forças de segurança que se barricaram no interior. Utilizaram depois dois camiões para derrubar o portão de entrada.

Incapaz de conter a multidão, a polícia acabou por libertar pelo menos 10 dos detidos.

O primeiro-ministro ucraniano, Arseni Iatseniuk, não acredita em coincidências:
.
“É uma tragédia para Odessa e para toda a Ucrânia quando dezenas de pessoas são vítimas de uma provocação e de um plano previamente organizado.”

Palavras dirigidas à Rússia que acusa de fomentar a onda de violência na cidade. Os confrontos desta sexta-feira entre separatistas pró-russos e apoiantes do governo de Kiev terminaram com 46 mortos. Alguns foram atingidos a tiro, mas a maioria perdeu a vida num incêndio de origem criminosa.

A União Europeia já pediu a abertura de um inquérito independente para apurar responsabilidades.