Última hora

Última hora

Em leitura:

As imagens do cosmos descem aos telemóveis e tablets


hi-tech

As imagens do cosmos descem aos telemóveis e tablets

As mais fantásticas imagens do universo estão agora acessíveis aos smart phones e tablets. As maravilhas do cosmos registadas pelos poderosos telescópios dos observatórios no Chile podem ser admiradas em toda a sua impressionante beleza, graças à aplicação Chile Mobile Observatory.

Mais de 25 mil utilizadores baixaram já a aplicação, que dá acesso a imagens impressionantes recolhidas pelos telescópios do Observatório Astronómico de Cerro Paranal, no norte do Chile.

As imagens estão disponíveis desde novembro para smart phones e tablets, numa aplicação desenvolvida pela Fundação chilena “Imagem”, que se tornou já muito popular no Chile, México, Espanha, Estados Unidos e Perú.

Segundo Sebastian Villela, director informático na Fundação “Imagem”, estas são as imagens muito especiais, pois no Chile estão alguns dos mais avançados telescópios do mundo:
“Cerca de 70 por cento da observação astronómica mundial está no Chile o que é importante para uma fundação como a nossa, apostada em promover o país. A partir do Chile, recolhemos as melhores imagens do universo, ajudamos a responder às questões fundamentais da humanidade, sobre a nossa origem e o nosso destino neste imenso universo”

Numa das imagens, vemos a Nebulosa Pata de Gato, que rodeia uma estrela quente, difundindo a energia recebida em forma de radiação, com um espectro vermelho marcado por linhas brilhantes de hidrogénio.

Numa outra imagem, podemos admirar a fascinante Nebulosa Cabeça de Cavalo, localizada no cinturão de Órion. Uma imagem conseguida com base em três imagens de alta definição recolhidas por telescópios de alta tecnologia.

“Cada um dos observatórios astronómicos envolvidos neste projeto publica imagens nos seus sites”, explicou Sebastian Villela, acrescentando que “A aplicação recolhe as imagens dispersas nestes sites e disponibiliza-as, para aparelhos portáteis, podendo então ser vistas nos telemóveis e tablets”.

Os mais de 25 mil utilizadores registados ultrapassam em muito as mais ousadas expetativas. Brevemente, será disponibilizada mais uma centena de imagens e uma versão da aplicação para iphones, na segunda metade de 2014. A aplicação inclui um calendário astronómico, com as datas dos eclipses, chuva de metoritos, cometas e outros fenómenos.

Escolhas do editor

Artigo seguinte
Um eco-cubo para aproveitar comida

hi-tech

Um eco-cubo para aproveitar comida