Última hora

Última hora

Já começou a quinta eleição multirracial na África do Sul

Em leitura:

Já começou a quinta eleição multirracial na África do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

Na África do Sul, as urnas já estão abertas para que os 25,3 milhões de eleitores do país escolham os representantes no parlamento bicameral. Esta é a quinta-vez que os sul-africanos vão a votos em eleições multirraciais. E é a primeira vez que muitos sul-africanos que nasceram depois do fim do “apartheid” vão votar.

O principal candidato à vitória é o Congresso Nacional Africano (ANC), partido de Jacob Zuma que está no poder e que venceu todos os escrutínios desde 1994.
As últimas sondagens apontam para uma vitória do ANC, com um resultado que pode rondar os 63 por cento dos votos. Ou seja, apesar dos graves problemas de desemprego que se registam no país, do elevado nível de pobreza e da corrupção, grande parte dos sul-africanos deve continuar a apoiar o ANC.

Uma das grandes novidades é a participação dos Lutadores da Liberdade Económica, do antigo líder da juventude do ANC Julius Malema. Um partido de esquerda que defende a nacionalização, por exemplo, do importante setor mineiro do país. Malema tem como principal mentor o antigo presidente venezuelano, Hugo Chavez.

O principal partido da oposição, a Aliança Democrática (AD), liderado por Helen Zille, pode chegar aos 22% dos votos

Recorde-se que estas são também as primeiras eleições desde que o histórico líder sul africano Nelson Mandela morreu.

As assembleias de voto encerram às nove da noite, hora de Lisboa.