Última hora

Última hora

Já lá vai um ano e pouco se avançou no julgamento de uma organização terrorista neonazi na Alemanha

Em leitura:

Já lá vai um ano e pouco se avançou no julgamento de uma organização terrorista neonazi na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

Um ano após o início do julgamento da organização terrorista alemã de extrema-direita, NSU (6 de maio de 2013) , as famílias das dez vítimas – oito turcos, um grego e uma polícia alemã – continuam à espera de respostas.

Dois dos três suspeitos de assassínios em série terão alegadamente cometido suicídio – após um assalto a um banco, em 2011 – deixando Beate Zschäpe sozinha a responder pelos crimes. Mas a militante neonazi recusa-se a falar.

Os suspeitos foram acusados de crimes raciais cometidos entre 2002 e 2007. Mas muitos perguntam se a NSU era constituída apenas por três membros e porque que é que algumas testemunhas chave de extrema-direita não foram ouvidas?