Última hora

Última hora

Comissão Anticorrupção da Tailândia decide futuro de Shinawatra

Em leitura:

Comissão Anticorrupção da Tailândia decide futuro de Shinawatra

Tamanho do texto Aa Aa

Na Tailândia, centenas de pessoas saíram às ruas em protesto contra o atual governo. Depois de Yingluck Shinawatra ter sido forçada a abandonar o cargo, pelo Tribunal Constitucional, os manifestantes exigem a demissão do executivo.

A manifestação acontece no dia em que a Comissão Anticorrupção da Tailândia pode decidir se acusa, formalmente, a Primeira-ministra deposta. A comissão analisa também um caso de negligência que envolve um subsídio, de 2011, destinado a garantir um preço mínimo de compra de arroz. O Estado tailandês teve um prejuízo de milhões de euros.

Do outro lado, centenas de pessoas demonstraram, nas ruas, o seu apoio a Yingluck Shinawatra e ao irmão, Taksin Shinawatra, Primeiro-ministro deposto e exilado desde 2008.

Yingluck dissolveu o parlamento em dezembro para acalmar os protestos. Sem o aval da oposição acordou com a Comissão Eleitoral o dia 20 de julho para o novo ato eleitoral. Uma situação que desagrada aos manifestantes antigoverno, apoiados pelos Estados Unidos nesta questão, que querem a reforma do sistema eleitoral implementada antes das eleições.