Última hora

Em leitura:

Coreia do Sul: Familiares de estudantes mortos no naufrágio do "ferry" manifestam-se em Seul


Coreia do Sul

Coreia do Sul: Familiares de estudantes mortos no naufrágio do "ferry" manifestam-se em Seul

Na Coreia do Sul mais de uma centena de familiares dos cerca de 250 estudantes mortos no naufrágio do “ferry” Sewol concentraram-se esta sexta-feira perto do palácio presidencial de Seul para protestar e exigir uma reunião com a chefe de Estado, Park Geun-hye.

“Este é o local onde ficaremos. Não podemos voltar atrás. De uma vez por todas temos de nos avistar com ela e dizer-lhe isso. Para ser franco deviamos morrer aqui em vez de irmos embora”, disse um representante dos familiares.

Dos 304 passageiros que morreram ou estão dados como desaparecidos mais de 250 eram estudantes com idades entre os 16 e 17 anos.

Apesar do cordão policial, simpatizantes colaram no exterior do autocarro da polícia autocolantes com mensagens para os mortos e críticas ao governo.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Tailândia: "a batalha final"