Última hora

Última hora

Milhares de estudantes chilenos contra Michel Bachelet

Em leitura:

Milhares de estudantes chilenos contra Michel Bachelet

Tamanho do texto Aa Aa

Acabou em confrontos com a polícia a primeira marcha de protesto antigoverno no Chile desde que a Presidente Michel Bachelet tomou posse neste segundo mandato. Pelo menos 100 pessoas foram detidas e 20 polícias ficaram feridos.

Um responsável da polícia chilena garantiu, contudo, que os confrontos se deram face a grupos minoritários, mas agressivos, acrescentando que a larga maioria dos estudantes que participaram na marcha em Santiago do Chile o fizeram de forma pacífica e ordeira.

A manifestação foi organizada contra a falta das reformas na Educação prometidas durante a campanha por Michel Bachelet. Uma das promessas da presidente, por exemplo, era tornar a educação gratuita e acessível para todos. Mas está a demorar a cumprir e os estudantes estão a perder a paciência.

A polícia calcula que 40 mil pessoas terão marcado presença nos protestos. Os estudantes garantem que eram cerca de 100 mil. O dispositivo policial destacado para manter a ordem terá rondado os 1800 “carabineiros.”