Última hora

Última hora

Michelle Obama apela à libertação das jovens nigerianas

Em leitura:

Michelle Obama apela à libertação das jovens nigerianas

Tamanho do texto Aa Aa

A Primeira-dama norte-americana expressou indignação pelo rapto de mais de duas centenas de jovens nigerianas.

Michelle Obama substituiu o marido na habitual alocução semanal da presidência norte-americana.

A Primeira-Dama reafirmou o empenho do presidente na localização e libertação das jovens raptadas.

“Vamos rezar para que regressem a casa em segurança… Pensemos nas suas famílias durante estes tempos difíceis… e demonstremos uma pequena parte da coragem que elas próprias demonstraram lutando para dar a cada jovem deste planeta a educação a que têm direito” disse Michelle Obama.

Este caso já suscitou a indignação do Conselho de Segurança da ONU que exigiu a libertação imediata das jovens.

Segundo o presidente nigeriano, Goodluck Jonathan, vários peritos internacionais já teriam chegado ao país a fim de colaborarem nas buscas.

Também na Nigéria têm lugar manifestações exigindo a libertação das jovens.

“Precisamos que mais nigerianos façam o mesmo que nós por todo o país. É a única forma de fazer ouvir a nossa voz. Já basta de dramas, já basta de Boko Haram, já basta de politiquices”, afirma uma das manifestantes que participou no protesto realizado em Lagos.

No terreno as buscas começam a ganhar alguma força. Há contudo quem receie que as jovens possam ter atravessado a fronteira em direção ao Chade ou aos Camarões.

O grupo extremista islâmico Boko Haram reivindica a criação de um estado islâmico na Nigéria.