Última hora

Em leitura:

Ucrânia: população rejeita divisão do país


Ucrânia

Ucrânia: população rejeita divisão do país

Na capital ucraniana, Kiev, a população apoia o governo e rejeita a divisão do país.

Muitos descrevem o referendo popular deste domingo como uma provocação da Rússia e uma violação da constituição.

Uma sondagem de opinião recente conduzida por um grupo de reflexão norte-americano independente sugere que o apoio à união do país predomina mesmo nas regiões situadas a leste.

“Este referendo não assenta na vontade do povo. Foi organizado por emissários da Rússia. Os objetivos são claros: retirar-nos o mais possível do nosso território. No leste há muitos que foram enganados pelos separatistas. Pensam que na Rússia aquilo é um paraíso”, afirmou um residente de Kiev de visita à praça Maidan.

Esta semana o parlamento ucraniano aprovou uma resolução que declara a ilegalidade do referendo no leste do país.

Países como os Estados Unidos, Alemanha e França denunciaram o referendo e na quarta-feira o presidente russo apelou ao seu adiamento.

  • The Mariupol City Council after the fire

    Photo: euronews@ Sergio Cantone

  • The Mariupol City Council after the fire

    Photo: euronews@ Sergio Cantone

  • The Mariupol City Council after the fire

    Photo: euronews@ Sergio Cantone

  • The Mariupol City Council after the fire

    Photo: euronews@ Sergio Cantone

Cancelar Aceitar Alterações

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

tradução automática

tradução automática

tradução automática

Artigo seguinte

mundo

Nigéria: campanha global de apoio às jovens raptadas ganha força