Última hora

Última hora

Dirigentes da GSK acusados de corrupção na China

Em leitura:

Dirigentes da GSK acusados de corrupção na China

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia chinesa acusou de corrupção antigos dirigentes do grupo farmacêutico britânico GlaxoSmithKline.

A lista integra dois chineses e Mark Reilly, antigo responsável das operações da GSK na China, por ter levado as equipas comerciais a pagarem milhões de yuans a médicos e hospitais de Pequim e Xangai, para impulsionar as vendas do grupo.

A investigação começou em 2013 e levou a detenção de dezenas de pessoas.

Desde 2007, a GlaxoSmithKline terá pago 380 milhões de euros, através de agências de viagens.

O grupo reagiu, dizendo que as acusações são muito sérias e preocupantes.