Última hora

Última hora

Vietname: Multidões atacam empresas em protesto contra a China

Em leitura:

Vietname: Multidões atacam empresas em protesto contra a China

Tamanho do texto Aa Aa

Um conflito entre a China e o Vietname levou inúmeras pessoas assaltarem e vandalizarem uma série de fábricas estrangeiras em zonas industriais no sul do Vietname.

A ação teve origem numa disputa territorial entre a China e o Vietname, no Mar da China do Sul.

Os protestos contra a Pequim começaram pacificamente e degeneraram à medida que o número dos contestatários engrossou.

Nalguns casos, por engano, os populares atingiram empresas taiwanesas, confundindo-as com fábricas chinesas.

Fontes oficiais deram conta de 20 mil manifestantes e 15 instalações incendiadas.

A reação de Pequim não se fez esperar. “Quem é o provocador e quem é a vítima, aqui? Quem pretende apaziguar o conflito e quem pretende inflamá-lo? Creio que isso é perfeitamente óbvio. É difícil esconder o papel provocador do Vietname”, declarou Hua Chunying, porta-voz do ministério chinês dos Negócios Estrangeiros.

A tensão escalou na segunda-feira. Um navio patrulha vietnamita envolveu-se com embarcações chinesas após ter sido alegadamente atacado com canhões de água e impedido de se aproximar de uma plataforma petrolífera chinesa, numa zona reclamada pelos dois Estados.