Última hora

Última hora

Inaugurado museu do 11 de Setembro

Em leitura:

Inaugurado museu do 11 de Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

Barack Obama presidiu, esta quinta-feira, à inauguração do museu que vai perpetuar, em Nova York, a memória das vítimas dos atentados de 11 de Setembro, de 2001.

Estiveram presentes sobreviventes, familiares das vítimas, socorristas e bombeiros.

Presente, também, Rudolph Giuliani, presidente do município, à data dos atentados.

O grande público só o pode visitar, a partir de 21 de Maio.

Os ingressos já estão à venda.

Obama disse que o museu é uma forma de contar a História às futuras gerações:

“Aqui, podemos contar a sua história, para que as gerações vindouras não esqueçam nunca”

Mas há uma polémica, como conta o corresponde da euronews, Stefan Grobe:

“Em cada degrau que se desce, na longa escadaria para o centro de New York City, o desgosto será mais doloroso, para muitos. Vai ser uma experiência muito forte e necessária. Mas subsistem questões preocupantes sobre o financiamento do museu. Funcionários, em Nova York, estão a pedir ao Congresso, para subsidiar o Museu do 11 do 9, como faz com os museus em memória do Holocausto e de Pearl Harbor. É uma polémica que está longe de acabar.”