Última hora

Em leitura:

Bowie regressa a Berlim onde criou o seu "ADN"


Alemanha

Bowie regressa a Berlim onde criou o seu "ADN"

David Bowie está de regresso a Berlim com uma exposição retrospetiva de quase 50 anos de carreira.

Depois do estrondoso sucesso em Londres e em São Paulo, a mostra foi ampliada para retratar mais detalhadamente a passagem de Bowie pela cidade, de 1976 a 1978, um período em que compôs, em colaboração com Brian Eno, a chamada “Trilogia de Berlim”, constituída pelos álbuns “Low”, “Heroes” e “Ledger”, para além de ter lançado a carreira a solo de Iggy Pop e ter conseguido livrar-se de uma toxicodependência.

Bowie “sempre desenhou e pintou. Sempre se interessou pela moda e pelo design. Esteve sempre envolvido no desenvolvimento dos desenhos de palco e interessou-se por várias correntes culturais que depois influenciaram o seu trabalho”, refere a co-curadora da exposição, Christine Heidmann.

Bowie descreve os discos que compôs em Berlim como o seu “ADN” e ainda teve tempo para entrar no último filme de Marlene Dietrich, “Just a Gigolo”. A cidade é homenageada no single “Where Are We Now” do álbum “The Next Day”, lançado em 2013.

A exposição David Bowie estará patente na galeria Martin Gropius Bau, em Berlim, até ao dia 10 de agosto.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Duplo atentado no Quénia