Última hora

Última hora

Foguetão russo "Proton-M" despenha-se com satélite de 200 milhões de euros

Em leitura:

Foguetão russo "Proton-M" despenha-se com satélite de 200 milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

Um foguetão russo, tipo “Proton-M”, despenhou-se esta sexta-feira de madrugada pouco depois de ter descolado do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão.

O voo não-tripulado tinha por missão colocar em órbita o mais moderno satélite de telecomunicações usado pela Rússia, um Express-AM4R (fabricado pela Astrium, uma divisão do grupo Airbus) que iria fornecer acesso à internet nas zonas mais remotas do território russo.

Segundo a agência espacial russa, ocorreu um problema na terceira fase da colocação em órbita, cerca de nove minutos depois do lançamento, quando o foguetão se encontrava a uma altitude próxima dos 160 km.

É o segundo acidente com um foguetão “Proton” em menos de um ano, mais 200 milhões de euros perdidos num satélite e uma nova humilhação para a indústria espacial russa.

Em julho do ano passado, um acidente semelhante custou 145 milhões de euros em satélites e provocou alguma tensão entre a Rússia e o Cazaquistão, que suspendeu temporariamente os lançamentos de foguetões “Proton” do cosmódromo de Baikonur.

O acidente no ano passado levou o Kremlin a substituir o chefe da Roskosmos, a agência espacial russa e a iniciar uma profunda reforma do setor aeroespacial.