Última hora

Última hora

UEFA: Manchester City e PSG multados em 60 milhões de euros

Em leitura:

UEFA: Manchester City e PSG multados em 60 milhões de euros

Tamanho do texto Aa Aa

O Paris Saint-Germain, de França, e o Manchester City, e Inglaterra, são dois dos nove clubes punidos esta semana pela UEFA, por violação das novas regras do “fair-play” financeiro, que obrigam os clubes europeus a ter as próprias contas equilibradas entre investimentos e rendimentos.

Descubra aqui as regras do "fair-play" financeiro da UEFA

Os recém-consagrados campeões francês e inglês são os mais penalizados. Cada qual foi condenado a uma multa de 60 milhões de euros e estão ambos limitados a inscrever apenas 21 jogadores na próxima edição da Liga dos Campeões em vez dos regulamentados 25.

Os motivos do castigo a ambos os clubes têm uma história similar. No caso dos parisienses, desde que passou a ser controlado em 2011 pelo Qatar Sports Investments, o clube investiu largos milhões de euros no reforço da equipa com estrelas na linha de Cavani, Thiago Silva ou Ibrahimovic. Os ganhos não foram por ai além e, apesar dos gastos galácticos, os títulos conquistados circunscrevem-se a dois campeonatos franceses e uma Taça da Liga.

Em Inglaterra, o City passou por uma transição igual quando foi adquirido em 2008 pelo Grupo Abu Dabi United. Milhões de libras foram injetadas desde então no clube inglês, que viu a equipa reforçada por estrelas como Robinho, Carlos Tevez ou Adebayor.

Mas os títulos só apareceram em 2011 e exclusivamente a nível nacional: Uma Taça de Inglaterra, dois campeonatos, uma Taça da Liga e uma Community Shield.

Sem rendimentos que justificassem os gastos milionários, à luz das novas regras, os “citizens” foram castigados.

Ingleses e franceses são os mais penalizados, mas podem, ainda assim, reduzir as respetivas multas de 60 milhões de euros se respeitarem o compromisso de equilibrar as respetivas balanças financeiras nos próximos dois anos. Para já, pagam apenas 20 milhões de euros cada. Os restantes 40 milhões da penalização ficam em suspenso e serão perdoados se os clubes reformularem os respetivos investimentos de acordo com as regras de “fair-play” financeiro do futebol europeu.

Estes são os nove clubes penalizados esta semana pela UEFA (clicando no nome de cada um tem acesso ao documento oficial da UEFA, em formato PDF, que explica a respetiva punição):
FC Anji Makhachkala (Rússia);
Bursaspor (Turquia);
Galatasaray AS (Turquia);
PFC Levski Sofia (Bulgária);
Manchester City FC (Inglaterra);
Paris Saint-Germain (França);
FC Rubin Kazan (Rússia);
Trabzonspor AS (Turquia);
FC Zenit (Rússia).