Última hora

Última hora

Véu islâmico divide sociedade iraniana

Em leitura:

Véu islâmico divide sociedade iraniana

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de mulheres manifestaram-se, esta sexta-feira,nas ruas de Teerão, contra a campanha “My Stealthy Freedom”, lançada no Facebook por uma jornalista iraniana.

Na página são publicadas fotografias de mulheres iranianas que, por breves momentos, retiram em público o tradicional hijab ou véu islâmico.

A campanha alcançou um enorme sucesso em menos de uma semana, com cerca de 230 mil “gostos” na página em Farsi.

Para o regime iraniano e a sociedade mais conservadora trata-se de uma provocação orquestrada pelo ocidente e por Israel.

“As jovens devem estar atentas e alerta porque é o mesmo inimigo que nos bloqueia o acesso à ciência que nos conduz para o abandono do hijab e para a corrupção. Peço a todas as minhas amigas que pensem bem antes de fazerem o que quer que seja”, afirma uma manifestante.

Outra diz:
“O sol no Irão brilha mais de dia para dia e o ocidente não pode travar o nosso caminho”.

A página convida as mulheres que sintam o véu como uma imposição a libertarem-se dele por alguns momentos, daí o o nome de “Stealthy Freedom – Liberdade Furtiva”.

Quando o verão se aproxima e o calor aperta, algumas iranianas substituem as cores negras do véu por outras mais luminosas. Uma prática criticada pelos mais conservadores que vêm nela uma influência negativa da cultura ocidental.