Última hora

Última hora

Guerra aberta contra os terroristas do Boko Haram

Em leitura:

Guerra aberta contra os terroristas do Boko Haram

Tamanho do texto Aa Aa

Um plano de guerra contra o grupo islamita armado Boko Haram, classificado como seita terrorista, foi o que saiu da reunião realizada este sábado em Paris.

O plano, acordado entre representantes do Reino Unido e dos Estados Unidos, o presidente francês, o presidente da Nigéria e mais quatro chefes de Estado africanos da região,
prevê a coordenação dos serviços secretos, o intercâmbio de informação, a centralização dos meios, a vigilância das fronteiras, uma presença militar em torno do lago Chade e capacidade de intervenção em caso de perigo.

O encontro surge pouco mais de um mês após o sequestro em Chibok, no norte da Nigéria, das 200 adolescentes que o Boko Haram promete escravizar e vender e no dia em que ocorreu um novo ataque atribuído ao Boko Haram, no norte dos Camarões, contra um grupo de trabalhadores chineses. Pelo menos um morreu e 10 terão sido sequestrados.