Última hora

Última hora

Oposição sai reforçada em eleições gregas

Em leitura:

Oposição sai reforçada em eleições gregas

Tamanho do texto Aa Aa

A Coligação da Esquerda Radical, principal partido da oposição na Grécia, surpreendeu na primeira volta das eleições municipais e regionais.

O escrutínio realizou-se este domingo, sem revelar um claro vencedor, mas o Syriza já dá que falar e que pensar. Pela primeira vez, uma formação de esquerda radical está na corrida à segunda volta em cinco distritos. Tentará governar a região de Átila, onde se concentra 40% da população grega, e Atenas.

Os eleitores parecem ter encontrado desta forma um refúgio para protestar contra as políticas de cortes do PASOK e da Nova Democracia.

“Desde que o centro-direita e os socialistas formaram a coligação no poder, o Syriza tornou-se o principal crítico das políticas em curso. Mas além de ser apenas uma voz de protesto, o partido está a tentar desenhar uma plataforma política convincente bem como persuadir os eleitores de que também pode ser governo”, sublinha Dimitris Tsiodras, analista político.

O jogo de forças prossegue no próximo domingo, com a segunda volta do escrutínio, no mesmo dia em que se vota nas eleições para o Parlamento Europeu.

Também aqui o Syriza ganha terreno aos partidos tradicionais.

O correspondente da Euronews em Atenas explica o que está em causa:Pela primeira vez na vida política grega, um partido à esquerda dos socialistas está perto de ganhar o Parlamento Europeu e possivelmente até as eleições nacionais. Para conseguir tal feito será, no entanto, preciso superar as divergências internas bem como ganhar apoio adicional de outros eleitores que votam em forças políticas vizinhas, quer do centro-esquerda quer dos comunistas.”