Última hora

Última hora

Putin ordena fim de exercícios militares na região oriental da Ucrânia

Em leitura:

Putin ordena fim de exercícios militares na região oriental da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente russo apelou ao Exército do país vizinho para abandonar a região do sudeste da Ucrânia e por termo ao que a Rússia classifica de “operação de castigo.”

Em comunicado, o Kremlin anunciou o fim dos exercícios militares alegadamente previstos para a primavera e o regresso das forças russas às bases permanentes.

Mas em troca Vladimir Putin quer que as autoridades de Kiev retirem os militares do próprio território na região oriental.

No terreno persistem focos de tensão. Esta segunda-feira, nos arredores de Sloviansk, um pequeno gasoduto ficou em chamas, resultado de uma ação das forças ucranianas. Não há registo de feridos, pelo menos de acordo com testemunhas no local.

Por outro lado, as forças pró-russas na região de Donetsk não arredam pé dos postos de controlo de forma a afastar o cenário de rendição.

Um cenário que é possível, pelo menos entre as forças fiéis a Kiev, que contam com voluntários na luta pela integridade territorial do país.

O apelo vindo de Putin surge a poucos dias das eleições presidenciais na Ucrânia. Uma reação conforme por parte de Kiev ao apelo do presidente russo poderá despertar a ideia de reconhecimento da legitimidade referendo do passado domingo.