Última hora

Última hora

Estará a Rússia a retirar tropas da fronteira com a Ucrânia? EUA e NATO não acreditam

Em leitura:

Estará a Rússia a retirar tropas da fronteira com a Ucrânia? EUA e NATO não acreditam

Tamanho do texto Aa Aa

Tropas russas foram vistas a retirar de duas posições ao longo da fronteira com a Ucrânia. Os Estados Unidos e a NATO afirmam não ter visto qualquer sinal de uma retirada.

O Kremlin anunciou esta segunda-feira que o Presidente Vladimir Putin ordenou o regresso aos quartéis das forças russas que se concentram junto à fronteira Leste da Ucrânia, próximo das áreas onde os separatistas pró-russos declararam estados independentes de Kiev.

Um repórter de imagem da agência Reuters filmou a alegada retirada da região de Rostov e a televisão russa mostrou imagens de um movimento semelhante na zona de Belgorod.

Washington desconfia: “Não temos indicação de qualquer movimento”, afirmou a Casa Branca, recordando que não é a primeira vez que o Kremlin anuncia uma retirada que acaba por não acontecer.

A NATO também lamentou “profundamente” não ter provas da iniciativa anunciada pelo Kremlin porque, segundo o secretário-geral da Aliança Atlântica, Anders Fogh Rasmussen, “uma retirada das tropas russas seria uma importante primeira contribuição para desanuviar a crise”.

Ao mesmo tempo que voltou a anunciar uma retirada das tropas, o Kremlin expressou preocupação com “o substancial aumento de atividades militares da NATO junto à fronteira russa” e voltou a exigir que Kiev termine com o que Moscovo classifica de “operação punitiva” contra os separatistas.