Última hora

Última hora

Filme sobre a Síria feito com telemóveis aplaudido em Cannes

Em leitura:

Filme sobre a Síria feito com telemóveis aplaudido em Cannes

Tamanho do texto Aa Aa

“Silvered Water, Syria Self-Portrait” DE Ossama Mohammed é um dos grandes destaques do Festival de Cannes.

A obra, apresentada fora da competição oficial, foi inteiramente filmada com telemóveis.

Para fazer o filme, Ossama Mohammed usou centenas de vídeos publicados na Internet.

O realizador não se limita a colar as imagens umas às outras e consegue contar uma história.

A euronews falou com o cineasta sírio em Cannes.

“É uma questão cinematográfica interessante: o que significa uma câmara que treme? Eu não gosto desse efeito no cinema. Mas descobri que nessa imagem, atrás da câmara havia um homem a gritar “Liberdade, Liberdade”, contou o realizador.

Simav foi uma das colaboradoras regulares do realizador. A partir da cidade de Homs, ela fez vários vídeos o que lhe conferiu o estatuto de co-realizadora.

“Síria é Simav, é uma metáfora para Síria. Ela é uma rapariga, corajosa, laica ,independente. Ela é tornou-se a minha Síria, quando a descobri passei a segui-la”, disse o realizador.

Simav filmou as pessoas, as bombas, os atiradores furtivos, e, a dada altura, seguiu uma criança órfã pelas ruas de Homs.

“O pequeno Omar é muito corajoso e inteligente. Ele sofreu uma enorme perda. Olha para o mundo e coloca questões, admira as flores. É uma forma incrível de resistência. Ultrapassar a morte, o pai assassinado, através das flores e de um diálogo com o pai falecido, são duas vozes”, contou o realizador.