Última hora

Última hora

Sérvia: luto nacional enquanto Obrenovac continua submersa

Em leitura:

Sérvia: luto nacional enquanto Obrenovac continua submersa

Tamanho do texto Aa Aa

Obrenovac está submersa, depois das cheias históricas que atingiram a Sérvia. A cidade, onde 14 pessoas perderam a vida, foi a mais afetada pelas inundações, que obrigaram a deslocar 30.000 pessoas por todo o país.

O ministro sérvio da Saúde disse que é preciso “agir rapidamente para evitar uma catástrofe ainda mais grave, a das doenças contagiosas”.

Já o primeiro-ministro afirmou que, “dada a extensão da catástrofe e dos danos materiais, [a Sérvia] foi atingida dez vezes mais do que os outros países da região”.

No entanto, sublinhou que “se não houver novos acidentes ou mais problemas nos próximos dias”, poderá “pôr fim ao estado de emergência”.

Depois de ter decretado três dias de luto nacional, o chefe do governo disse que a Sérvia estará em medida de requisitar um milhão de euros de ajudas anuais, como país candidato à União Europeia.

Em Obrenovac, um residente diz que “não será possível viver aqui nos próximos meses. Os únicos que poderão aqui ficar são, eventualmente, os que vivem nos andares mais elevados dos prédios”.

Só nesta cidade, as autoridades tiveram de deslocar 15.000 pessoas e a situação mantém-se crítica, apesar da melhoria nas condições meteorológicas.

A correspondente da euronews, Andrea Hajagos, diz que “o nível das águas desceu. Há poucos dias esta ponte estava completamente submersa. Mas, mesmo se a situação está a melhorar, o facto é que a cidade nunca assistiu a inundações tão devastadoras”.