Última hora

Última hora

Mais de uma centena de mortos em duplo atentado na Nigéria

Em leitura:

Mais de uma centena de mortos em duplo atentado na Nigéria

Tamanho do texto Aa Aa

O duplo atentado que provocou a morte de pelo menos 118 pessoas na cidade nigeriana de Jos ainda não foi reivindicado, mas as suspeitas recaem sobre os extremistas do Boko Haram.

De acordo com um porta-voz do Governo regional grande parte das vítimas são mulheres.

Há registo de mais de meia centena de feridos, mas são números que poderão vir a agravar-se à medida que prosseguem no terreno as operações de remoção dos escombros.

A primeira bomba rebentou numa zona movimentada da cidade, num local onde funciona um mercado e várias lojas. Seguiu-se a explosão de um autocarro armadilhado, que apanhou de surpresa alguns elementos das equipas de socorro.

O mundo está de olhos postos na Nigéria, na sequência do rapto de mais de 200 adolescentes, pelo Boko Haram, à saída da escola de Chibok, no mês passado. Foi a maior ação deste tipo alguma vez feita pelo grupo.

O Reino Unido e os Estados Unidos mandaram aviões militares para a Nigéria, de forma a ajudar as autoridades locais nas operações de resgate.

Acusado de falta de celeridade, o presidente nigeriano condenou os ataques na cidade de Jos, que diz serem perpetrados por “homens cruéis e diabólicos.”