Última hora

Última hora

Presidente deposto Hosni Mubarak condenado a três anos de prisão

Em leitura:

Presidente deposto Hosni Mubarak condenado a três anos de prisão

Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Penal do Cairo condenou o Presidente deposto Hosni Mubarak a três anos de prisão por apropriação indevida de fundos públicos.

O caso está relacionado com o orçamento dos palácios presidenciais. Os fundos destinavam-se à renovação e manutenção dos edifícios, mas em vez disso foram usados para melhorar as propriedades da família Mubarak.

Os filhos de antigo presidente, Alaa e Gamal, foram condenados no âmbito do mesmo processo e pela mesma fraude a quatro anos de prisão.

Os três elementos da família estão obrigados a devolver mais de dez milhões de euros.

A sentença torna-se conhecida a poucos dias das eleições presidenciais de 26 e 27 de maio.

Durante uma entrevista, Mubarak apoiou Abdel Fatah Al Sisi, chefe das Forças Armadas e favorito nas presidenciais.