Última hora

Última hora

Boletins apreendidos e combates põem em causa presidenciais no Leste da Ucrânia

Em leitura:

Boletins apreendidos e combates põem em causa presidenciais no Leste da Ucrânia

Tamanho do texto Aa Aa

No Leste da Ucrânia, os separatistas fazem tudo para tentar impedir a realização das eleições presidenciais.

Nas vésperas do escrutínio, militantes pró-russos armados entraram em várias assembleias de voto da região de Donetsk para apreender boletins de voto e listas eleitorais.

Entre as ações de boicote e os combates, há uma grande incerteza sobre o desenrolar do escrutínio de domingo nas regiões rebeldes de Donetsk e Lugansk, ambas autoproclamadas “repúblicas populares independentes” e que representam 15 por cento da população ucraniana.

Esta sexta-feira, novos confrontos entre soldados e insurgentes pró-russos junto à aldeia de Karlivka, nos arredores de Donetsk, fizeram pelo menos sete mortos.

Na véspera, as regiões rebeldes do Leste do país tinham sido já palco dos mais sangrentos combates entre as forças leais a Kiev e os separatistas, que se saldaram na morte de pelo menos 18 soldados.