Última hora

Última hora

Cannes: Loach e Dolan, duas gerações de candidatos à Palma de Ouro

Em leitura:

Cannes: Loach e Dolan, duas gerações de candidatos à Palma de Ouro

Tamanho do texto Aa Aa

Duas gerações separadas por mais de meio século na passadeira vermelha de Cannes, esta quinta-feira.

O veterano Ken Loach e o mais jovem candidato à Palma de Ouro deste ano apresentaram as suas novas longas-metragens.

O realizador britânico, que conquistou Cannes em 2006, regressa com “Jimmy Hall”, a história de um dos poucos comunistas na ultra-católica Irlanda dos anos 30 do século XX, uma década depois da guerra civil.

Mais de meio século separa Ken Loach de Xavier Dolan. Aos 25 anos, o canadiano é o mais jovem candidato em liça para a Palma de Ouro deste ano e a crítica rendeu-se à sua 5.ª longa-metragem, “Mommy”.

A euronews encontrou-se com o jovem realizador:

“Como é estar em competição com Ken Loach, Godard, cineastas que são quase 60 anos mais velhos do que você?”

Xavier Dolan: “É uma grande emoção e muito intimidante ao mesmo tempo. Mas, simultaneamente, estou muito orgulhoso do meu filme. Sinto-me honrado por estar em tão boa companhia e pelo meu filme estar na seleção com eles”.

“Mommy” retrata a relação de uma mãe com o problemático filho adolescente.

Segundo o enviado especial da euronews a Cannes, Frederic Ponsard, “os filmes do decano cineasta britânico Ken Loach e do jovem do Quebeque, Xavier Dolan, foram bem recebidos no festival e têm todas as hipóteses de aparecer no palmarés final, que será anunciado este sábado”.