Última hora

Última hora

Economia alemã cresce mas deve desacelerar nos próximos meses

Em leitura:

Economia alemã cresce mas deve desacelerar nos próximos meses

Tamanho do texto Aa Aa

A economia da Alemanha cresceu, no primeiro trimestre deste ano, ao ritmo mais acelerado dos últimos três anos.
O PIB germânico cresceu 0,8% nos primeiros três meses de 2014. Uma subida justificada pelo aumento do consumo interno e do sector da construção.
Mas o crescimento da maior economia da União Europeia deve desacelerar nos próximos meses: o índice que reflecte o clima económico na Alemanha cai mais do que o esperado: 0,8 pontos face a abril e fixou-se nos 110,4 pontos.

Para o especialista do Instituto de Investigação Económica alemão (Ifo), Klaus Wohlhabe, “nos próximos quatrimestres esperamos que o crescimento estabilize. Decisões tomadas pela Coligação que governa o país, como a reforma aos 63 anos ou o possível estabelecimento de um salário mínimo vão ter efeitos na economia alemã, mais ou menos, médio prazo. Vamos ter de esperar por esses efeitos no próximo ano.”

Mas entretanto, o consumo doméstico subiu 1,9%. O setor da construção registou uma subida de 3,6%, devido ao “tempo extremamente bom”. O governo alemão prevê que a economia cresça 1,8% este ano.