Última hora

Última hora

Mundial 2014: Klinsmann "corta" Donovan nos eleitos dos Estados Unidos

Em leitura:

Mundial 2014: Klinsmann "corta" Donovan nos eleitos dos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

Landon Donovan era apontado por muitos ao “onze” dos Estados Unidos que vai disputar no Mundial. Ninguém esperava a decisão do selecionador de abdicar do avançado, de 32 anos. A verdade é que o pré-selecionado Donovan acabou por ser mesmo excluído pelo alemão Klinsmann da lista final de 23 jogadores que vão disputar a “Copa” do Brasil, integrados no Grupo G, com Portugal, Alemanha e Gana.

Donovan não vai, por isso, poder reencontrar Portugal depois de ter participado no último jogo entre as duas seleções – um jogo de má memória para a equipa das quinas: a derrota no Campeonato do Mundo de 2002, na Coreia. Os norte-americanos, então com Donovan a titular, venceram, por 3-2, eliminando Portugal da prova.

Pelo Facebook, agora, o jogador dos LA Galaxy confessou-se “dececionado por falhar o quarto mundial consecutivo”. Mas o selecionador tem de “tomar decisões”. “Tenho de tomar as decisões que entendo serem as melhores para este grupo que vai ao Brasil e eu penso, simplesmente, que há outros jogadores em melhor forma que o Donovan. Já lhe expliquei e ele percebeu. É normal que esteja dececionado”, assumiu o alemão Jurgen Klinnsmann.

Com 57 golos em 156 partidas pelos “yankees”, Donovan é, assim, a grande ausência numa equipa onde, do jogo contra Portugal a
5 de junho de 2002, apenas resiste DaMarcus Beasley, de 31 anos.


Eis os 23 convocados dos Estados Unidos:
Guarda-redes: Brad Guzan (Aston Villa, Ingl.), Tim Howard (Everton, Ing.-ING) e Nick Rimando (Real Salt Lake, EUA);

Defesas: DaMarcus Beasley (Puebla, Mex.), Matt Besler (Sporting Kansas City, EUA), John Brooks (Hertha Berlim, Ale.), Geoff Cameron (Stoke City, Ing.), Timmy Chandler (Nuremberga, Ale), Omar Gonzalez (LA Galaxy, EUA), Fabian Johnson (Hoffenheim, Ale) e DeAndre Yedlin (Seattle Sounders FC, EUA).

Médios: Kyle Beckerman (Real Salt Lake, EUA), Alejandro Bedoya (Nantes, Fra.), Michael Bradley (Toronto FC, EUA), Brad Davis (Houston Dynamo, EUA), Mix Diskerud (Rosenborg, Nor.), Julian Green (Bayern Munich, Ale.), Jermaine Jones (Besiktas, Tur) e Graham Zusi (Sporting Kansas City, EUA).

Avançados: Jozy Altidore (Sunderland, Ing.), Clint Dempsey (Seattle Sounders FC, EUA), Aron Johannsson (AZ Alkmaa, Hol.) e Chris Wondolowski (San Jose Earthquakes, EUA).