Última hora

Última hora

Tailândia: Exército convoca mais de uma centena de políticos envolvidos na atual crise

Em leitura:

Tailândia: Exército convoca mais de uma centena de políticos envolvidos na atual crise

Tamanho do texto Aa Aa

O exército da Tailândia anunciou esta sexta-feira a convocação de 114 personalidades dos dois campos políticos que protagonizam a atual crise, iniciada há sete meses.

Vinte e oito pessoas morreram desde o início da crise, na maior parte dos casos em tiroteios ou explosões de granadas na repressão de manifestações em Banguecoque.

“Os soldados saíram para a rua e puseram ordem na situação. Agora temos de evitar o derramamento de sangue”, disse uma jovem habitante de Banguecoque.

O chefe do exército tailandês, Prayuth Chan-ocha, autoproclamou-se primeiro-ministro provisório, um dia após os militares terem assumido o poder através de um golpe de Estado.

A junta militar no poder avisou que bloqueará quaisquer plataformas de redes sociais cujo conteúdo seja considerado incitamento à violência ou seja crítico dos líderes militares.