Última hora

Última hora

Turquia: Confrontos na ruas de Istambul após a morte de um manifestante

Em leitura:

Turquia: Confrontos na ruas de Istambul após a morte de um manifestante

Tamanho do texto Aa Aa

As ruas de Istambul, na Turquia, voltaram a inflamar-se com protestos violentos contra o governo, após a morte de um manifestante em confrontos com a polícia, no distrito de Okmeydani.

Os manifestantes concentraram-se para celebrar o aniversário da revolta na praça Taksim há um ano, num clima de forte tensão no país, na sequência da tragédia na mina de Soma.

O primeiro-ministro, Recep Tayyip Erdogan, defende a atuação da polícia e acusa os manifestantes de estarem contra o país:

“Os que pensam que estes ataques são contra os meus amigos ou o nosso partido – no qual o povo votou – cometem um enorme erro. Estes ataques são contra o povo, contra a liberdade e contra as aspirações e o futuro do país”.

O chefe do governo turco, candidato à próxima eleição presidencial, tem enfrentado um clima de tensão quase permanente desde há um ano com revoltas nas ruas de várias cidades, escândalos de corrupção no seu circulo mais restrito de colaboradores e o desastre da mina de Soma, na qual morreram mais de 300 mineiros.

.