Última hora

Última hora

Irá Francisco conseguir o milagre de unir judeus e palestinianos?

Em leitura:

Irá Francisco conseguir o milagre de unir judeus e palestinianos?

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa Francisco já chegou ao Médio Oriente para uma visita de três dias à região com passagem pela Terra Santa. Um périplo organizado por ocasião dos 50 anos do histórico encontro de Paulo VI com o Patriarca de Constantinopla.

“Não espero que Francisco saque de uma varinha mágica e consiga unir judeus e palestinianos. No entanto, o seu carisma e a sua grandeza humilde podem dar uma poderosa mensagem de paz a todo o Médio Oriente”, declarou o rabino Abraham Skorka, um amigo de Jorge Bergoglio dos tempos de Buenos Aires e que acompanha o Sumo Pontífice nesta visita.

Amã, a capital da Jordânia é a primeira escala na viagem que depois segue para Belém – na Cisjordânia – e termina em Jerusalém.

“Será uma viagem estritamente religiosa”, assegurou Francisco. Mas também “política”, admitiu o secretário de Estado do Vaticano, Piero Parolin, numa altura em que o processo de paz israelo-palestiniano está parado e a Síria continua em guerra.

Estão previstos encontros com o Rei da Jordânia, o Presidente da Autoridade Palestiniana e com o Presidente e o primeiro-ministro de Israel.

Será também uma dor de cabeça para a segurança. Francisco não quis um papamóvel blindado