Última hora

Última hora

Ucranianos escolhem domingo o novo Presidente da República

Em leitura:

Ucranianos escolhem domingo o novo Presidente da República

Tamanho do texto Aa Aa

Na Ucrânia realizam-se este domingo eleições presidenciais extraordinárias, convocadas após o afastamento do presidente Viktor Ianukovich.

Com o país mergulhado num conflito armado entre as forças do governo e os separatistas do sudeste do país, a grande incógnita reside na forma como vai correr a votação nas regiões de Lugansk e Donetsk, autoproclamadas “repúblicas populares independentes”.

“Às pessoas que saíram do leste e da Crimeia pelas razões que todos conhecemos, foi dada a possibilidade de junto das autoridades eleitorais escolherem o local onde podem exercer o seu direito de voto”, disse Oleg
Kupriiyenko, da Comissão Eleitoral de Kiev.

Para os líderes separatistas, que afirmam controlar a situação na maior parte das regiões de Donetsk e Lugansk, as eleições convocadas pelo governo de Kiev “são ilegítimas” e organizá-las nas “repúblicas populares independentes” é “ilegal”.

“Não precisamos destas eleições para nada. Ainda não estamos prontos para eleições e não recebemos ordens de Kiev”, disse uma habitante da cidade de Donetsk.

A segurança da votação vai ser garantida por 55 mil polícias.
Vinte mil voluntários, cerca de mil observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa e 5 mil observadores ucranianos formados pelo Conselho da Europa vão acompanhar o processo eleitoral.